Os 4 erros mais frequentes na compra do primeiro imóvel
  • contato@imoveisribeiraopreto.com.br
clique para ativar o zoom
Carregando Mapas
Carregando Mapas Aguarde...
Nós não encontramos nenhum resultado
mapa aberto
Vista Mapa das Estradas Satélite Híbrido Terreno Marcar Minha Localização Ver Mapa em Tela Cheia Anterior Próximo
Street View
Mais opções de busca
Mais opções de busca
Mais opções de busca
Mais opções de busca
Mais opções de busca
Encontramos 0 resultados. Você quer carregar os resultados agora?
Pesquisa Avançada
Mais opções de busca
encontramos 0 resultados
Resultados da sua pesquisa

Os 4 erros mais frequentes na compra do primeiro imóvel

Postado por Webtrends Web em 27/02/2019
| 0

Sempre que fazemos algo pela primeira vez, é muito provável que nem tudo saia como planejamos, em decorrência da falta de experiência com tal situação.

Assim, imagine só um erro na hora de comprar o seu primeiro imóvel? Toda aquela empolgação indo embora por conta de algumas decepções futuras, por erros cometidos no processo de aquisição.

Sabendo disso, é sempre bom estar informado do que se deve fazer e dos erros mais frequentes durante este processo, para só então validar sua compra.

Quer saber quais são os 4 erros mais frequentes na compra do seu primeiro imóvel? É só continuar a leitura!

 

 

1 – Falta de pesquisa

A pesquisa é fundamental para todo e qualquer tipo de situação; quanto mais informações tiver a respeito do assunto, maior a probabilidade de fechar um bom negócio.

Esteja ciente que a pesquisa não se refere apenas ao imóvel, isto é, localização do mesmo, valor, qual a imobiliária ou construtora responsável, acessibilidade, infraestrutura, entre outros fatores que competem a características do imóvel.

Deste modo, procure informar-se sobre tudo que esteja envolvido nesta compra, como por exemplo: saber se quem está vendendo é de fato o proprietário; checar se o imóvel pode ser vendido; se há execuções extrajudiciais contra o proprietário do imóvel; verificar os trabalhos feitos e entregues da imobiliária ou construtora; quais os tipos de financiamento disponíveis, entre outros fatores.

Tudo isso irá contribuir com o esclarecimento de algumas dúvidas, do mesmo modo que ficará em alerta caso algo esteja errado.

 

 

2 – Planejamento financeiro incorreto

O seu planejamento pode ser excelente para o momento, com um valor bom destinado a compra. Mas você conta com imprevistos?

Comprar um imóvel requer muito mais do que apenas juntar um montante e escolher o imóvel. É necessário organizar e planejar tudo, visualizando todas as possibilidades e os prováveis contratempos.

Busque elaborar o seu planejamento contando com imprevistos e, principalmente, que o mesmo tenha uma previsão para o futuro.

Sendo assim, saiba que os gastos não ficam restritos apenas ao valor do imóvel. Há custos com documentação, mudança, reparos, reformas, impostos,  entre outros fatores.

Além disso, caso opte por financiamento, analise bem o valor das parcelas. No momento atual podem parecer que cabem no orçamento, mas e até ao final do financiamento? Ainda terá condições de pagar?

Todo cuidado é pouco e exige uma atenção para possíveis gastos inesperados. Planeje-se contando com imprevistos.

 

 

3 – Impaciência

É fundamental que você tenha calma durante todas as etapas do processo de compra do seu primeiro imóvel. Escolher algo no impulso, nunca é a melhor opção.

Requer tempo e disposição encontrar o imóvel ideal, sendo assim, esteja preparado para pesquisar muito e verificar muitos imóveis.

Algo que não contribui, é planejar ou idealizar um futuro no imóvel, que não condiz com o seu atual momento, isto é, comprar um imóvel grande e espaçoso, ideal para uma família, no entanto, mora sozinho ou apenas em dois.

Comprar um imóvel que não irá atender as suas necessidades do momento, só irá gerar frustração, deste modo, planeje-se e seja paciente para encontrar o imóvel perfeito.

 

 

4 – Assinar contrato sem ler

Mesmo com todos os avisos e lembretes para não assinar nada sem ler, ainda há muitas pessoas que comentem este erro.

O contrato irá constar todas as informações que regem esta negociação, como os dados de cada uma das partes envolvidas, características do imóvel, localização entre outros.

No entanto, é no contrato também onde serão clausuladas as ordens de pagamento, como ficará a porcentagem destinada a imobiliária, como será o pagamento, a questão de juros caso tenha um financiamento, entre outros fatores.

Ler tudo o que está descrito no contrato é uma segurança para você não cometer nenhum erro que possa vir a te prejudicar! Atente-se na leitura.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.