Você já ouviu falar em manutenção residencial periódica?
  • contato@imoveisribeiraopreto.com.br
clique para ativar o zoom
Carregando Mapas
Carregando Mapas Aguarde...
Nós não encontramos nenhum resultado
mapa aberto
Vista Mapa das Estradas Satélite Híbrido Terreno Marcar Minha Localização Ver Mapa em Tela Cheia Anterior Próximo
Street View
Mais opções de busca
Mais opções de busca
Mais opções de busca
Mais opções de busca
Mais opções de busca
Encontramos 0 resultados. Você quer carregar os resultados agora?
Pesquisa Avançada
Mais opções de busca
encontramos 0 resultados
Resultados da sua pesquisa

Você já ouviu falar em manutenção residencial periódica?

Postado por Webtrends Web em 08/05/2019
| 0

Seja para alugar ou vender, um imóvel sempre deve se apresentar o mais conservado possível, além é claro de manter a segurança e bom funcionamento de tudo o que envolve o mesmo.

Ou seja, é fundamental que os sistemas hidráulicos e elétricos estejam funcionando em perfeita harmonia, para que os moradores ou interessados pelo imóvel, não te apresente futuras dores de cabeça.

Sendo assim, é importante que este imóvel passe por uma inspeção para verificar a necessidade de uma manutenção periódica regular.

Você sabia desta necessidade? Quer conhecer um pouco mais sobre a manutenção residencial periódica? Continue lendo este post para mais informações.

 

O que é a manutenção periódica?

A manutenção periódica diz respeito aos reparos que um imóvel necessita durante seu uso, ou seja, para que os sistemas mais complexos do imóvel estejam funcionando, é necessário checar o seu desempenho.

Caso apresentem algum problema, será preciso fazer uma manutenção. Deste modo, a manutenção periódica tem o intuito de preservar o imóvel para que não haja maiores problemas ou complicações que possam colocar este imóvel em risco.

Porém, mais do que conservar o imóvel, a manutenção periódica tem como objetivo consertar o que estiver danificado e repor o que se encontra em falta. Logo, ela conta com outros 3 tipos de manutenção periódica, sendo estas:

 

1 – Manutenção preventiva

O objetivo da manutenção preventiva é identificar se há problemas ou não, isto é, mesmo que não existam avarias aparentes, é feita a manutenção preventiva.

Deste modo, é uma precaução para evitar problemas futuros, de forma que sejam identificados logo no início para já solucionar este problema, ou evitar que se agravem e coloquem em perigo os moradores deste imóvel.

 

2 – Manutenção preditiva

Trata-se de uma manutenção cada vez mais requisitada, uma vez que se tem visto um aumento da instalação dos sistemas de automação residencial, muito maior do que os últimos anos.

Assim, a manutenção preditiva refere-se a um conjunto de ações que tem por finalidade controlar os equipamentos e estimar prováveis erros, garantindo o seu máximo desemprenho, além de afastar a ocorrência de falhas operacionais.

 

3 – Manutenção corretiva

Este tipo de manutenção é realizado com o objetivo de consertar equipamentos ou trocar componentes que foram degradados ao longo do tempo.

Em suma, ela pode ser necessária após um imprevisto, como por exemplo uma descarga elétrica, ocasionada por raios, onde a mesma pode ter queimado algum aparelho.

 

Agora que você já conhece um pouco mais sobre a manutenção periódica, conte para nós nos comentários: você tem este cuidado com o seu imóvel?

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.